Mobilidade para Universitários

De acordo com o Ministério da Educação, ingressam  todos os anos  nas universidades paulistanas cerca de 500 mil universitários  e o número de matriculados já passam de 1 milhão, dos quais muitos fazem parte dos mais de 60 milhões de deslocamentos diários da cidade de São Paulo. Ainda em formação, grande parte deste público seria  influenciada para uma mobilidade mais sustentável nas cidades e estaria mais preparada para viver em cidades mais densas e congestionadas do futuro. É o que pensa a bióloga Penélope Valente, do Instituto Mobilidade Verde (IMV), “Os jovens de hoje têm maior facilidade em lidar com as questões de meio ambiente urbano e o projeto Campus Aberto e um bom exercício de Mobilidade Urbana Sustentável”, enfatiza.

Com o apoio do Catraca Livre, Secretaria do Verde e Meio Ambiente e CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos), o IMV lançou um projeto ambicioso e importante para melhorar a mobilidade de universitários da Cidade de São Paulo, o Campus Aberto. Trata-se de um projeto piloto que será expandido futuramente para a população. O site reúne uma série de ferramentas que permitam com que os universitários possam compartilhar uma carona, rotas de bicicletas e até táxi. A idéia dos organizadores do projeto é facilitar a vida das pessoas, oferecendo-as formas mais baratas e alternativas ao uso de deslocamentos individuais motorizados. Outras ferramentas já estão em estudo pelo IMV, como integração com o Metrô e com sistemas de ônibus e trens da cidade. Com todas estas formas de deslocamentos integradas virtualmente, os usuários do sistema poderão planejar melhor suas rotas na cidade, de forma mais sustentável, econômica e social, através do compartilhamento dos carros particulares e do táxi. O Projeto será ampliado para outras cidades através da parceria com a Capsula, empresa de TI de Recife, a qual fará a expansão do programa Campus Aberto para todo Norte, Nordeste e Centro-Oeste.

Para participar basta estar matriculado numa das universidades cadastradas no sistema, fazer o cadastro e solicitar ou oferecer uma carona, encontrar usuários para irem de bicicleta na universidade ou formar um grupo para dividir um táxi.

 

Anúncios
Esse post foi publicado em Brasil, Cidade, Mobilidade, Ride Sharing, Transporte, Transporte Alternativo. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s